Vídeo em destaque

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Admirável(?) mundo novo!


Fotografem suas vidas, registrem seus momentos, filmem suas festas, anotem em seus diários e gravem em suas memórias! O mundo como conhecemos hoje irá desaparecer por completo e a responsável pela gigantesca metamorfose será a internet. Ela invadirá totalmente nossa vida e estará presente nos mais inusitados acessórios. Roupa, relógio, móveis, carro, avião, calçados, bicicleta, etc. Até nossa residência estará online! Mas a parte pior não são as coisas, mas as pessoas.

Não durará muito para que a internet esteja nas pessoas. Possivelmente através de um chip implantado ou de um hardware em escala nanométrica, onde ela não vai monitorar apenas o local onde estamos, mas verificará nossa taxa de glicose, colesterol, sódio, etc. Ela registrará cada refeição, o horário que acordamos e dormimos, quando chegamos e saímos do trabalho, onde estudamos, qual nosso círculo de amizades, qual cinema frequentamos e que tipo de filme assistimos, etc. Nós seremos monitorados não por fora, mas por dentro. Todos os documentos de papel se tornarão obsoletos e não serão mais utilizados. O dinheiro irá sumir e um novo conceito o substituirá. Possivelmente, o DNA de todos será totalmente codificado e o indivíduo terá valor no mercado se o seu DNA não indicar possibilidade de doença grave no futuro. As pessoas serão avaliadas pelo que poderão produzir.
Dificilmente se comprará algum produto em algum lugar com a intervenção de seres humanos. No lugar deles haverá máquinas que estarão ligadas à internet. No supermercado, no cinema, pegando um transporte, tudo! Em cada evento haverá uma máquina que tornará o trabalho humano ultrapassado. Não demorará muito também para os softwares praticamente substituírem os hardwares. Os computadores do futuro não terão teclados, mouses, fios, etc. Serão projeções holográficas tridimensionais. Mas isso todo mundo sabe!

O que as pessoas talvez não saibam e não percebam é o doutrinamento tecnológico mundial que estão impondo sobre a massa. As redes sociais como Orkut, Facebook e Twitter, são de fato um cadastramento mundial de todos os indivíduos do planeta. A maioria nem percebeu que ao inserir informações pessoais como local onde mora, música, lazer, livros e filmes preferidos, etc. elas estão se expondo por completo e estão registrando suas vidas online. Nem precisou de esforço para que as pessoas fizessem isso de graça! E não adianta excluir a conta, uma vez cadastrado, sempre cadastrado!

Além de não perceberem que estavam participando de um cadastro mundial, os cidadãos também não notaram que o doutrinamento tecnológico está afastando as pessoas muito mais do que unindo. O tempo consumido em frente do computador é gigantesco e a vida social de muita gente está sendo lentamente substituída por uma vida virtual. A proposta é que cada atividade humana seja mediada por softwares e o indivíduo migre lentamente para uma realidade virtual. Chegará o tempo em que não se fará mais nada sem um software e todas as atividades humanas estarão mergulhadas em um mundo virtual. Apesar de lento, esse processo já está em andamento. Há um grande número de pessoas hoje totalmente viciadas e dependentes do universo online. A internet estará nas pessoas e as pessoas estarão na internet numa simbiose próxima daquela vista no filme Matrix. A relação entre homens e softwares será tão intensa que será difícil discernir o mundo real do virtual. Mas isso só será possível com o computador quântico que vai demorar um pouquinho prá se tornar uma realidade prática em pleno estado de funcionamento. As pessoas se tornarão escravas da tecnologia a ponto do ser humano ser submetido a manipulações genéticas de modo a tornar máquinas e softwares biocompatíveis. Antes que chegue esse dia façam os registros que puderem. O mundo como conhecemos vai desaparecer!

Um abraço a todos.

Marconi BS Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário