Vídeo em destaque

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Devemos esperar o melhor, mas estar prontos para o pior



        Eu gostaria muito ter aprendido essa verdade em algum curso, lido em algum livro ou recebido em alguma mensagem. Porém, tive que aprender da pior forma possível: na prática. Entender e aceitar que há situações que minha fé não muda, foi desafiador. Sempre aprendi um triunfalismo que me colocava numa condição suprema de superioridade. Foi então que me deparei com um episódio o qual fui incapaz de lidar: a morte do meu pai. Aquilo foi devastador para mim e para a minha fé. Quando compreendi que há coisas que minha fé não muda e não é responsabilidade dela mudar, descansei.
        Fui atormentado por um tempo, levado por um sentimento de culpa e fracasso que me condenava por não ter fé suficiente para reverter aquele cenário. No entanto, percebi bem depois que há fé para mudar situações e há fé para suportar situações. Eu só tinha sido ensinado sobre a fé que muda os eventos, nada tinha aprendido sobre a fé para tolerar circunstâncias.
        Sempre passo por episódios cuja maturidade necessária para afrentá-los vem anos depois. É uma sensação intrigante: sempre estou atrás do crescimento, um eterno vir a ser, algo a alcançar. Quando desenvolvo plenas condições de enfrentar as circunstâncias, elas já passaram há anos. Isso me levou a certo cansaço e me fez desistir de querer ser maduro demais, o que por sua vez produziu descanso em minha alma. Aquela busca incessante por uma condição de plenitude trouxe desgaste.
        Em relação à fé para suportar privações, ela já estava registrada no novo testamento, eu apenas não tinha percebido. Considere o conteúdo do 11° capítulo da carta aos hebreus. Do versículo 1 até a parte a do 35°, só se contemplam vitórias, sucessos e triunfos. Da parte b do 35° versículo até o 40°, não são registrados fracassos, mas provações suportadas por meio da fé. O texto fala em indivíduos que suportaram torturas, perseguições, privações, zombarias, prisões, apedrejamentos, morte etc. Qual é o papel da fé em eventos dessa natureza? Como deve reagir um homem de Deus ao ser submetido a um tratamento vip como esse? Nestes casos, o objetivo da fé é sustentá-lo e fazê-lo permanecer firme em Deus apesar da oposição (Hc 3.17-19). Há circunstâncias que sua fé não irá mudar, mas sustentará você e preservará uma relação saudável com Deus. Você não ficará frustrado ou decepcionado, se manterá firme e seguro por meio da fé no Criador.
        Aprendi com Habacuque: mesmo em cenários totalmente desfavoráveis, é possível se alegrar em Deus (Hc 3.17-19). Esta é sem dúvida uma condição de maturidade não trivial. Ainda que não haja mudança por fora, há alegria por dentro. Ou seja, é possível suportar situações e ainda assim se alegrar em Deus durante os eventos. Cultivar bonança interna enquanto uma tempestade violenta se desenrola externamente, também é função da fé. Contudo, essa é uma fé sem show pirotécnico, pouco atrativa, algo que ninguém vê e talvez por isso os indivíduos que a praticam são tão ignorados. Esse não é um aspecto da fé apreciado e contemplado pela igreja. Se não houver um show de pirotecnia, então sua fé será desprezada pelos animadores de auditório da atualidade.
        Durante o período no qual enfrentei um dos momentos mais difíceis da minha vida, confesso que não consegui praticar a fé que se alegra na oposição, mas aprendi a suportar com paciência (Tg 1.12).  Aprendi a não me entregar ao desespero. Percebi naquela circunstância que alguém precisava mais de mim do que eu dele. Esse foi um exercício formidável, apesar de doloroso. Quem sempre está precisando de suporte e nunca oferece assistência a outrem, é criança, infantil, mimado e imaturo.
        O apóstolo Paulo parecia conhecer bem a fé para suportar oposições quando redigiu II Co 4.8-12. Nesse breve texto ele fala em tribulação, perplexidade, perseguição, abatimento etc. Ainda bem que Deus nos entende! Se o Senhor nos reprovasse por ficarmos perplexos, abatidos ou algo do gênero, quase ninguém seria recompensado. Há aqueles que fingem ser o que não são. Fingem possuir uma fé e uma condição espiritual maior do que aquelas que realmente demonstram, e transmitem uma imagem surreal e ilusória. São superficiais, obcecados pela aparência e desprezam o conteúdo.
        Se você passar por algum episódio que lhe deixe triste, não se condene (Tg 5.13). Lógico, há aspectos sobrenaturais associados à fé que só podem ser vividos e explorados por muita ousadia e intrepidez. Porém, a maioria dos mortais não acessa esse nível, e muitos que tentam acessá-lo o fazem de modo superficial. Você pode até se alegrar na tribulação, mas não será condenado se não conseguir. E não precisa ficar se culpando. A fé para mudar circunstâncias e a fé para suportar circunstâncias, tem a mesma fonte, o mesmo Autor (Hb 13.1-3).
        E uma última palavra para o leitor não ficar triste: a fé para suportar a provação não é frequentemente solicitada. São ocasiões bem específicas que nos desafiam a viver bem quando tudo (ou quase tudo) vai mal. Na maioria dos episódios que confrontarem sua vida, você deverá acionar a fé para mudar a situação. Você deve ficar atento e ser cuidadoso para identificar cada caso. Além disso, não se preocupe em exibir para as pessoas uma fé que no fundo você não possui. Se não estiver crendo de fato, busque desenvolvê-la com paciência e profundidade. A maioria dos mortais alcança as bênçãos do Criador não por sua própria fé, mas pela graça, favor e bondade d’Ele. Nosso Pai é gentil, amoroso e compreensivo, os indivíduos é que são cruéis. Portanto, descanse no amor d’Ele sem culpa ou condenação. As pessoas não merecem uma satisfação absoluta e irrestrita de sua vida. Não viva em função delas e não atenda a todas as expectativas que elas têm a seu respeito. Fique nos braços do Seu Criador.

Marconi BS Costa



quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Haddad e o detalhe do incesto: fake news de Olavo de Carvalho















domingo, 30 de setembro de 2018

Essa canção poderia ser dedicada a Cristo!




        Embora não seja cristã, a letra dessa música é muito interessante e se adequaria bem se fosse dedicada a Deus. Abaixo segue a letra e a tradução, ambas extraídas do site:


Hoobastank - The Reason



The Reason
I'm not a perfect person
There's many things I wish I didn't do
But I continue learning
I never meant to do those things to you
And so, I have to say before I go
That I just want you to know
I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you
I'm sorry that I hurt you
It's something I must live with everyday
And all the pain I put you through
I wish that I could take it all away
And be the one who catches all your tears
That's why I need you to hear
I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you
And the reason is you
And the reason is you
And the reason is you
I'm not a perfect person
I never meant to do those things to you
And so I have to say before I go
That I just want you to know
I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you
I've found a reason to show
A side of me you didn't know
A reason for all that I do
And the reason is you
A Razão
Eu não sou uma pessoa perfeita
Há muitas coisas que eu gostaria de não ter feito
Mas eu continuo aprendendo
Eu nunca quis fazer aquelas coisas com você
E então eu tenho que dizer antes de ir
Que eu apenas quero que você saiba
Eu encontrei uma razão para mim
Para mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar de novo
E a razão é você
Eu sinto muito ter te magoado
É algo com que devo conviver todos os dias
E toda a dor que eu te fiz passar
Eu gostaria de poder retirá-la completamente
E ser aquele que apanha todas as suas lágrimas
É por isso que eu preciso que você escute
Eu encontrei uma razão para mim
Para mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar de novo
E a razão é você
E a razão é você
E a razão é você
E a razão é você
Eu não sou uma pessoa perfeita
Eu nunca quis fazer aquelas coisas com você
E então eu tenho que dizer antes de ir
Que eu apenas quero que você saiba
Eu encontrei uma razão para mim
Para mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar de novo
E a razão é você
Eu encontrei uma razão para mostrar
Um lado meu que você não conhecia
Uma razão para tudo que faço
E a razão é você






sexta-feira, 1 de junho de 2018

Catch & Release

Desconheço os reais motivos, mas essa vinheta do Telecine me traz um bem estar enorme. Já assisti inúmeras vezes. A canção Catch & Release de Matt Simons é muito interessante e encaixou perfeitamente nesse clip (ou foi o clip que encaixou na música?). Seja como for, procurei por muito tempo na internet para encontrar esse clip. Curtam!!!



sábado, 28 de abril de 2018

Olavo de Carvalho


       O professor Olavo de Carvalho é uma das mentes mais brilhantes que eu conheço. Devo a ele meu enorme interesse pela filosofia e o despertar de uma nova forma de análise dos fatos e da realidade que me cerca. O texto abaixo eu selecionei como uma amostra de sua incrível habilidade e discernimento. Quem dera 10% da população brasileira compreendesse estas palavras do professor Olavo!!!
       O nível dos debates em território nacional é sofrível, justamente pelo fato dos indivíduos ignorarem um princípio fundamental: a indispensável dedicação de anos à análise, pesquisa e investigação. As mentes tolas querem abordar assuntos a respeito dos quais não possuem o mínimo de conhecimento. É irritante observar tal processo se repetindo continuamente. A depender do tema, são necessárias décadas de estudo para assimilá-lo de forma moderada. Mas no Brasil, os palpiteiros do facebook acham que dominam com maestria perspectivas complexas depois de lerem uma ou duas postagens.
       Por favor, leiam e aprendam com o professor Olavo.



"Compreender uma filosofia não se resume em ler as obras de um filósofo e julgá-las segundo uma reação imediata ou as opiniões de um professor. É impregnar-se de um modo de ver e pensar como se ele fosse o seu próprio, é olhar o mundo com os olhos do filósofo, com ampla simpatia e sem medo de contaminar-se dos seus possíveis erros. Se desde o início você já lê com olhos críticos, buscando erros e limitações, você está reduzindo o filósofo à escala das suas próprias impressões, em vez de ampliar-se até abranger o “universo” dele. Erros e limitações não devem ser buscados, devem surgir naturalmente à medida que você assimila novos e novos autores, novos e novos estilos de pensar, pesando cada um na balança da tradição filosófica e não da sua incultura de principiante."
Olavo de Carvalho


segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

O progresso da destruição familiar


Neste excelente vídeo, o professor Olavo de Carvalho demonstra de maneira clara que os principais financiadores da desconstrução familiar, mantém suas próprias famílias intactas. Eles promovem a destruição familiar das massas, enquanto as suas são preservadas. Isso é engenharia social. Infelizmente as manadas mundiais não enxergam a estratégia. Assista e aprenda!