Vídeo em destaque

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Eu apoio Silas!






Mais uma palhaçada dos ativistas gays contra o pastor Silas Malafaia surgiu recentemente na internet após sua entrevista no programa De Frente com Gabi. Na comunidade AVAAZ (uma entidade que reúne milhões de pessoas em todo o mundo e que luta contra injustiça social), os ativistas gays abriram uma petição para cassar o registro de psicólogo do Pr. Silas Malafaia. A justificativa dos ativistas foi a seguinte: 

Tendo em vista que a Psicologia, enquanto ciência da saúde, deve preservar e compreender a identidade dos sujeitos e promover a cultura de paz e de respeito aos direitos humanos, nós acreditamos que o Sr. Silas Lima Malafaia (CRP/RJ 24.678), por ter apresentado repetidamente comportamentos homofóbicos e que patologizam a homossexualidade, desrespeitando o método científico e a ética profissional, deve ser submetido a inquérito administrativo que impeça sua atuação como psicólogo. Desta forma, solicitamos à senhora Presidente do CRP/RJ a abertura de inquérito que investigue os comportamentos descritos acima e que verifiquem sua incompatibilidade com a resolução CFP 001/99, que resultaria na cassação do registro profissional do sr. Silas. Fonte: http://www.avaaz.org/po/petition/Pela_cassacao_do_registro_de_psicologo_do_Sr_Silas_Lima_Malafaia/


Não é a primeira vez que tentaram cassar o registro de psicólogo do pastor Silas e não será a última, mas desta vez nós podemos apoiar o pastor. Na mesma comunidade Avaaz, há uma petição ATUALIZADA EM FAVOR do pastor Silas e OFICIAL da NÃO cassação do seu registro de psicólogo. A proposta é reunir 300 mil assinaturas. Para assinar clique no link abaixo:






A petição em favor do pastor Silas afirma:
Tendo em vista o artigo 5º da Constituição Federal, que garante ao cidadão a liberdade para expressar seus pensamentos, e o fato de que Silas Malafaia nunca se apresenta como psicólogo nas entrevistas concedidas, e sim como pastor, não justifica haver uma petição para cassação de seu registro profissional junto ao Conselho Regional de Psicologia. Desta forma, solicitamos à senhora Presidente do CRP/RJ que desconsidere o pedido de abertura de inquérito que objetiva tal cassação. Fonte: http://www.avaaz.org/po/petition/Pela_NAO_cassacao_do_registro_de_Psicologo_do_Pr_Silas_Malafaia/?cxHEieb.

Além do texto acima, a petição deixa claro o que garante a constituição brasileira:
Após polêmica gerada em torno da entrevista do Pr. Silas Malafaia ao programa “De frente com Gabi”, foi criada uma petição pública on-line na tentativa de cassar seu registro de psicólogo. Entretanto, em nenhuma das entrevistas concedidas à imprensa, Silas Malafaia se apresenta como psicólogo e sim como pastor, o que não justifica uma petição que envolva o Conselho Regional de Psicologia.
Vale ressaltar também que o artigo 5º da Constituição Federal garante ao cidadão brasileiro a liberdade para expressar seus pensamentos. Segundo a Carta Magna “ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política”. Desta forma, criamos um abaixo-assinado pela NÃO cassação do registro de psicólogo do Pr. Silas Malafaia. Fonte: http://www.avaaz.org/po/petition/Pela_NAO_cassacao_do_registro_de_Psicologo_do_Pr_Silas_Malafaia/?cxHEieb.

ASSINE A PETIÇÃO E DIVULGUE NA INTERNET!!!


Uma breve demonstração do nível de intolerância dos ativistas gays pode ser vista no vídeo abaixo. O vídeo registra a violência dos ativistas gays contra A Cruzada pela Família promovida pelo Instituto Plinio Corrêa de Oliveira na capital paranaense. Ao fim do segundo dia de campanha, um grupo de ativistas gays cercou, cuspiu, agrediu e fez obscenidades contra os caravanistas, que em nenhum momento esboçaram qualquer reação de violência. O movimento homossexual prega a tolerância, mas não tolera a mínima oposição ainda que pacificamente. É mais um sintoma da ditadura homossexual, da perseguição religiosa e da cristianofobia.


Observe no vídeo que aos 16min e 30s um dos ativistas do movimento homossexual joga uma pedra na cabeça de um dos jovens católicos com toda brutalidade. Esse marginal deve ser submetido a um processo legal e certamente deve ser preso! Ele poderia ter matado o jovem católico. Essa é uma clara demonstração pública da verdadeira natureza do ativismo gay. Eles são os verdadeiros fascistas, nazistas, fundamentalistas e intolerantes. Uma vez que a polícia possui a imagem da agressão, o agressor deve ser indiciado! Se algum evangélico tivesse um comportamento similar a esse, a imprensa teria feito um colossal alarde em nível nacional, mas como a agressão partiu de um ativista gay contra um católico a imprensa silenciou.
Por fim, devo destacar que esse vídeo tinha sido publicado no canal Pensando a Verdade no youtube (http://www.youtube.com/user/pensandoaverdade), porém recebi a seguinte mensagem do Google:

 Para os administradores do youtube, publicar um vídeo na internet cobrando justiça das autoridades é um incentivo ao ódio! Portanto senhores, estejam atentos. A ditadura gay quer se impor no Brasil, mas quem ama a família são se omitirá!

Um abraço a todos.

Marconi BS Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário