Vídeo em destaque

quarta-feira, 10 de julho de 2013

GENIAL: cientista político prova que o catolicismo é o culpado pela tragédia brasileira



        Num momento em que o país vive um de seus mais belos e marcantes episódios, o cientista político Alberto Carlos Almeida esclarece irrefutavelmente que o culpado pela tragédia brasileira é o catolicismo. Uma vez que a educação é a base para o desenvolvimento da espécie humana, o catolicismo representa um retrocesso violento para qualquer nação por evitar que a população tenha acesso aos estudos. Graças a Deus as tradições católicas e protestantes são diametralmente opostas e resultaram em países com níveis de desenvolvimento diferentes. Em sua origem, o protestantismo se preocupou e se dedicou em educar a população para que esta pudesse ler a Bíblia e não fosse vítima da manipulação e exploração dos religiosos. Essa tradição protestante não tem a mesma força hoje, mas tal diferença explica muito bem porque países católicos são subdesenvolvidos e nações protestantes são avançadas. Vale a pena ver o vídeo várias vezes!!!


  Alberto Carlos Almeida prova que o catolicismo é o culpado pela tragédia brasileira  


O melhor aspecto relacionado a este vídeo se divide em dois: primeiro, quem está falando não tem nenhum compromisso com os protestantes e nem com os evangélicos; segundo, o pesquisador é cientista político e aborda FATOS, não ideias e nem hipóteses! Ou seja:      a tragédia brasileira se resume nisto, na FALTA DE EDUCAÇÃO DO ‘POVÃO’. E o responsável por esta tragédia em nosso país e em muitos outros, é o catolicismo. Obs.: A APRESENTADORA MUDOU DE ASSUNTO RAPIDAMENTE NO VÍDEO. Um tema dessa natureza deveria ter sido AMPLAMENTE EXPLORADO durante o debate. Porém, qual jornalista brasileiro em sã consciência vai querer admitir em rede nacional que o responsável pelo progresso foi o protestantismo (em muitas nações do mundo), e o responsável pelo fracasso foi o catolicismo? Ou seja: vivemos numa sociedade que anseia pela verdade, mas odeia aqueles que a dizem! 
Lamentavelmente recebemos a pior herança que uma raça pode desejar: o desprezo à educação. A cultura do ‘povão’, infelizmente, se concentra em: futebol, carnaval, novela e nádegas! Imbecilizar o povo foi a missão do catolicismo pois se concentrou em educar apenas a elite, e nós brasileiros fomos vítimas dessa desgraça. Em breve, muito em breve, acredito que o Brasil terá um presidente que coloque o compromisso com Deus e com Sua Palavra acima de seu compromisso com sistemas políticos ou religiosos. Este influenciará espiritualmente o país e os efeitos serão refletidos diretamente no investimento em educação, no combate implacável à corrupção, na transparência, na saúde, na geração de emprego, na qualidade de vida do povo brasileiro, etc. Quem sabe neste momento o caráter protestante de Martinho Lutero dará ao Brasil tudo que o catolicismo impediu que o país tivesse: DIGNIDADE.

ACORDA BRASIL!!!

Deus abençoe o Brasil!

Um abraço a todos.

Marconi BS Costa


Um comentário:

  1. Kkkkkkkk
    Os índios eram a elite educada pela igreja católica?
    Até o séc 18 (2 séc. Depois da reforma) a Alemanha,berço de Lutero era um grande sinônimo de atraso cultural, e só em meados do séc. 19 foi que um governante alemão decidiu levar educação ao povão,inspirado por ninguém menos que a DESENVOLVIDA FRANÇA CATÓLICA!

    ResponderExcluir